Como vender seus serviços pela internet - Seu...

Como vender seus serviços pela internet

Como vender seus serviços pela internet

A moda agora é vender um produto ou um serviço pela internet. No entanto, sempre tem aquela dúvida cruel: o que é preciso fazer para que isso dê certo? O questionamento é muito interessante, principalmente se pensarmos que a estratégia de venda precisa ser diferente e inovadora se comparada ao que se comercializa em uma loja física.

Então, o que fazer para que o dinheiro e o tempo investidos nesse projeto não sejam perdidos? Para responder a essa pergunta, é necessário entender que quando se fala em vendas on-line, há alguns desafios que tal serviço enfrenta e que devem ser levado em conta. Por isso, vamos dar algumas dicas para facilitar a sua vida.

Do marketing pessoal ao sucesso

Pra começar, você tem que ter em mente que, no momento em que você decide vender um serviço, o produto é você mesmo.

Se você é advogado, programador, cabeleireiro ou web designer, por exemplo, você está colocando em evidência a sua disponibilidade com o compromisso de um saldo positivo em relação a um produto palpável.

Logo, é imprescindível que você preze pela sua capacidade e prove que você consegue apresentar um resultado apreciável quando enfatiza certas características.

Dessa forma, podemos dizer que nesse processo, você está vendendo um relacionamento com si próprio, no qual exige mais tempo e esforço para consumir.

Ou seja, a partir da sua credibilidade, você consegue desenvolver uma relação interessante com os seus clientes, a fim de mostrar a eles que, além de você estar pronto para personalizar o serviço que você oferece, você é capaz de atender as suas reais e indispensáveis necessidades.

Por isso, seja muito específico e detalhista ao descrever o que você está oferecendo.

Deixe muito claro que tipo de trabalho presta para que um potencial cliente prefira você do que o seu concorrente. Uma boa opção é colocar opiniões de pessoas que contrataram você e ficaram satisfeitas.

Testemunhos positivos sempre ajudam uma pessoa a tomar uma decisão. Logo, se o seu site tiver essa ferramenta, considere como um ponto positivo.

Porém, de nada adianta ter um site incrível, bem elaborado se o conteúdo não for bom. Tente raciocinar como o seu cliente, quer dizer, o que ele pensaria antes de escolher pelo seu serviço.

Uma boa maneira para isso é fazer uma lista com os tópicos principais, que contenham algumas objeções e possíveis dúvidas. Em seguida, vá esclarecendo um a um os itens, assim, ajudará na escolha.

Outra situação que, futuramente pode virar um problema, é a preferência do público. Na maioria das vezes, empresas que fornecem serviços específicos como eletricista ou pedreiro dependem, comumente, de clientes locais.

Obviamente que o proprietário de uma confeitaria de bairro pode ficar entusiasmado porque o seu estabelecimento atrai clientes de outras localidades, do mesmo modo que um técnico em computador ficará muito feliz em conseguir, semanalmente, atender empresas de outro estado.

Contudo, é preciso não descuidar do público-alvo. Grande parte de sites que são baseados em vender determinados serviços e que precisam de clientes locais para sobreviver necessitam, ativamente, buscar outras fontes de tráfego local.

Daí entra a credibilidade, que já foi mencionada anteriormente. Se você tiver meios de comprovar a sua competência, com certeza, terá muitos clientes dispostos a pagar pelo seu serviço.

Você pode começar oferecendo seus serviços em sites como OLX, classificados online dos jornais locais da sua cidade, e em sites para freelancers,   tipo NearJobprolancers, etc.

No mais, é fazer um bom serviço, caprichar na qualidade e satisfação dos clientes, cumprir os prazos, que o sucesso com certeza chegará.

 

Comments

comments