Porque as empresas estão abandonando o facebook -...

Porque as empresas estão abandonando o facebook

Porque as empresas estão abandonando o facebook

Quando a rede social surgiu e, de imediato, conseguiu um grande número de adeptos no Brasil, o Facebook foi visto como uma grande ferramenta, com a qual os empresários – pequenos, médios e grandes – poderiam contar para conquistar o seu público. No entanto, atualmente uma boa parte dessas empresas desistiu de conquistar os seus clientes via Facebook. Você sabe por que isso acontece?

Usuários reclamam de links patrocinados

Um grande problema que as empresas têm encontrado no momento de estabelecer o contato com o seu público é que, atualmente, um grande número de usuários tem se mostrado indiferente aos links patrocinados e spam que invadem a rede.

Muitos indivíduos que se cadastraram no Facebook não desejavam receber o atual “bombardeio” de propagandas e produtos à venda. Isso, em algumas vezes, acaba prejudicando a imagem das empresas na internet, e faz com que os usuários boicotem a marca, já que alguns anúncios são tão insistentes que acabam irritando o consumidor.

336x280 Hospedagemdesites

Comentários negativos e odiosos

Outro grande problema que as empresas têm encontrado em suas Fan Page – tipo de página destinada ao perfil da instituição ou pessoa pública – é a presença de comentários negativos e/ou odiosos que afetam a imagem da empresa.
O Facebook permite que os usuários relatem como foi a sua compra, como ele foi atendido e mais uma infinidade de coisas. Por isso, quando algum cliente se sente lesado, atualmente é normal que ele vá reclamar através da rede social, e isso vai afetar a loja.

No entanto, não existem apenas perfis verdadeiros, mas também pessoas mal intencionadas, que criam perfis falsos e conseguem prejudicar outros usuários e empresas também. Um perfil “fake” pode visitar as páginas de empresas e dizer o que bem entender, como comentários falsos em relação à entrega de algum produto ou, então, acusações que não têm como serem comprovadas.

Porém, quem é que vai pesquisar a fundo se a empresa cumpriu o que prometeu ou se trata apenas de uma mentira? O normal é que os usuários deixem de comprar por medo, já que existem diversos tipos de golpes pelo Facebook.

E-mail, Twitter e o LinkedIn têm se mostrado mais eficientes

Os empresários relatam que outro tipo de rede social que não o Facebook, apresenta resultados melhores, como o aumento de tráfego nos sites de instituições e, até mesmo, aumento nas lucratividades. Isso se deve ao fato de que Twitter e Linked In são redes de relacionamento que funcionam de uma forma diferente.

O microblog tem sido usado com frequência por todos os tipos de empresa. A grande vantagem é poder mandar mensagens curtas e que aparecerão na timeline de todos que seguem o Twitter da empresa, enquanto o LinkedIn se mostra mais eficiente em relação à segurança dos perfis.

O Facebook tem como o seu principal problema a falta de privacidade de seus usuários, o que não acontece nas outras redes. Nesse caso, o e-mail, afirmam os empresários, ainda é a melhor forma de estabelecer o contato único com os seus clientes, sem sofrer danos públicos ou ser vítima de perfis falsos da internet.

 

Comments

comments