Quais os cuidados que você deve ter ao importar da...

Quais os cuidados que você deve ter ao importar da China

Quais os cuidados que você deve ter ao importar da China

Quais os cuidados que você deve ter ao importar da China

Para quem acha que importar da China é uma ótima ideia para garantir uma renda extra sem precisar de muito esforço, na verdade está enganado: além de comprar da China, receber e vender após a chegada ao Brasil, você precisa também tomar alguns cuidados antes de começar a importar da China, afinal, se você cair em algum golpe, vai sair prejudicado, com certeza!

O primeiro cuidado que você deve tomar é em relação com os impostos. Muitos têm medo de começar a importar por questões legais, achando que a importação da China em geral é ilegal. Porém, quem pensa assim está errado, e é facilmente possível ficar legal perante a lei enquanto importa e revende seus produtos da China.

De início, a dica é começar com a importação de mercadorias em pequenos volumes e, consequentemente, valores mais baixos. Os impostos só serão cobrados se o valor ultrapassar a média de 100 dólares, então, pelo menos nas primeiras importações, busque fazer compras com valores abaixo desse.

Outro cuidado é não importar produtos muito grandes, pois, além de chamar muita a atenção quando chega ao Brasil, geralmente esses são mais caros, o que fará com que você pague impostos.

Antes de importar da China, você também deve ter cuidado com os produtos que serão comprados: sempre evite remédios, enlatados, alimentos e, também, armas de brinquedo, pois, na inspeção, esses produtos certamente serão eliminados. Mesmo que os vendedores tentem lhe convencer de que isso não causará problemas, sempre evite – principalmente no que diz respeito aos remédios, já que eles não são os produtos mais indicados para realizar a revenda, pois você nunca saberá a procedência, o que poderá ocasionar problemas de saúde nos usuários.

Outra dica para quem quer importar produtos da China é fazer isso em grandes atacados que já são conhecidos por todos, o que evita que você faça uma negociação com vendedores que na realidade, nem existem. Todavia, mesmo assim, você deve tomar cuidado com os fornecedores, independentemente do tipo de mercadoria que ele vende.

A melhor dica é procurar referências sobre a pessoa ou empresa pela qual você irá confiar: procure o histórico da pessoa e atente aos comentários realizados por seus clientes anteriores, principalmente no que é relacionado aos produtos que foram comercializados no passado. Se ele não tem comentários ou tem reputação negativa no site do atacado, desconfie e não compre com esse vendedor se não conseguir ter certeza de que ele é seguro, pois o mercado chinês está cheio de indivíduos tentando lhe enganar.

Para pagar os seus produtos importados, alertamos você a usar ou o sistema Paypal (que guarda de forma on-line todos os comprovantes de que você pagou pela compra) ou um cartão de crédito internacional. Não faça pagamentos clandestinos, pois, com tantos indivíduos tentando lhe dar o golpe, é exatamente dessa forma que você jamais conseguirá provar que pagou no boca a boca.

De uma forma geral, importar da China é uma ótima opção para quem quer garantir uma graninha extra: só fique atento para fazer isso de forma legal e sem complicações!

 

Comments

comments